Ossanha

 

A este Orixá pertence todas as folhas medicinais e ervas utilizadas nos rituais de Nação, por este motivo, temos um Orixá muito respeitado e cultuado em todos as Casas de Religião, podemos dizer que Ossanha possui a solução para todos os problemas relacionados a cura de enfermos, tanto material quanto espiritual.

            Conta uma lenda muito difundida em Cuba, que certo dia Xangô se queixa a Iansã uma de suas mulheres, que somente Ossanha possuía o segredo medicinal das ervas, e portanto todos os Orixás estavam dependendo dele na terra. Para agradar o Marido, Iansã lança seus ventos fortes aos quatro cantos do mundo, estes ventos derrubaram a cabaça de Ossanha que estava pendurada em uma árvore, quando o Orixá viu aquilo acontecer saiu gritando: "Ewé O! Ewé O!" ('Oh! As folhas! Oh! As folhas!'), só que já era tarde demais, os Orixás pegaram o que foi possível e as repartiram entre sí.

            Este Orixá não possui uma das pernas, caminha com auxílio de muletas, quando se manifesta em algum filho, este dança normalmente em apenas em uma de suas pernas.

 

Saudação: Eu! Eu!

Dia da Semana: Segunda-feira

Número: 07 e seus múltiplos

Cor: Verde Claro

Guia: 01 conta verde e 01 conta branca

Oferenda: Pipoca e iapeté (batata inglesa esmagada com azeite-de-dendê, a qual se dá forma de porongo)

Adjuntós: com Oxum Demun e com Iemanjá Bocí

Ferramentas: coqueiro, muleta, bisturi, cágado, moedas e búzios

Ave:     Galo arrepiado ou de pescoço pelado

Quatro pé: Cabrito Branco

Sincretismo:

Estou livre de qualquer sincretismo. Não faço mais, minhas divindades são africanas.

Gostaria de salientar que as características, animais e ferramentas podem obter uma pequena diferença conforme cada Nação, assim como os adjuntós e sincretismo, estas diferenças podem ser manifestadas, no jogo de búzios, como peculiaridades de cada Orixá